sábado, 10 de outubro de 2009

Pliometria no futebol




Uso de Pliometria em treinamento de futebol

Você não precisa planejar treinos específicos enfatizando o treinamento pliométrico. Para jogadores de futebol, o treino pliométrico pode ser incorporado após o aquecimento e antes do treinamento principal do corpo. Esses treinos devem enfatizar uma ordem de movimento completa e sem problemas mais do que uma excêntrica sobrecarga e usar o pré-alongamento do músculo para facilitar o movimento rápido, eficiência mecânica e coordenação.
Assim como em outros tipos de treino, exercícios pliométricos são executados em intervalos ao longo da temporada. Quantidade e intensidade vão variar conforme ao longo da temporada. Em geral, a quantidade de exercícios pliométricos para jogadores de futebol vai ser de baixa a moderada. A intensidade também vai ser de baixa a moderada.
Comece cada temporada com uma boa introdução ao treino pliométrico usando treinos simples de ritmo. Quando seus atletas estiverem acostumados aos exercícios e seu preparo físico tiver crescido, aumente de forma gradual a quantidade e a intensidade.
Uma vez que os atletas tiverem aprendido treinos básicos de ritmo, aos poucos introduza exercícios de força. Jogadores de futebol empregarão uma pequena quantidade de treinos de força combinados com exercícios de ritmo.
Assim que a temporada de competição começa, o trabalho pliométrico pressiona o ritmo e o desenvolvimento da velocidade. Uma vez que começa a fase de pico da competição, reduza o treinamento pliométrico para uma sessão leve por semana, para seu atleta continuar incluindo treinos pliométricos no aquecimento. Pare qualquer treino pliométrico extenuante de 7 a 10 dias antes das finais.

Treinos de ritmo

Treinos de ritmo são um bom método de ajudar os jogadores a desenvolverem resistência durante os treinos pliométricos. Esses treinos geralmente seguem os exercícios de alongamento e flexibilidade, e são realizados em conjunto com exercícios de resistência, como abdominais e investidas. Além disso, treinos de ritmo ajudam os jogadores a aumentar o preparo físico em geral e o desenvolvimento de músculos específicos.
Tipos de treinos de ritmo usados em treinamento de futebol
  • Saltos — fácil
  • Saltos — fácil
  • Saltos com chutes
  • Chutes para trás
  • Joelhos altos
Chutes para trás
Os chutes para trás são um treino universal no esporte. São uma ótima opção, usada no treinamento de futebol para ajudar os atletas a desenvolverem aqueles músculos que se contundem facilmente devido às constantes saídas, paradas, giros e voltas que o futebol requer.
Chutes para trás, parte superior do corpo
Ao executar chutes para trás, as costas devem ficar eretas com uma ligeira inclinação do corpo. A inclinação do corpo é natural na corrida.
Lembre-se, braços são pernas altas. Incentive seus atletas a permanecerem, estimulando-os e impulsionando-os durante o treino.
Chutes para trás, parte inferior do corpo
Enfatize a rapidez em trazer os calcanhares até as nádegas, não no movimento no campo de futebol. Seus atletas podem praticar o treino parados ou em movimento, uma vez que tiverem dominado o treino até o máximo de suas habilidades.


Comente:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog