quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Treinamento de base no Handebol







O treinamento de base tem início por volta dos 10 anos de idade e em nossa opinião se constitui no período ideal para o início dos trabalhos com os fundamentos técnicos da modalidade esportiva praticada, no caso do presente estudo, o handebol. 


Segundo Guerra (2003) os principais objetivos do treinamento de base são:

• Apresentar os conteúdos técnicos e táticos do esporte, através da combinação de pequenos grupos (3 pessoas no máximo).

• Desenvolver a capacidade tática individual do aluno no sentido de enfatizar que o mesmo deve compreender a ação tática, independente do seu nível de rendimento pessoal.

• Desenvolver a capacidade de jogo básica.

Nesta etapa de sua vida esportiva o aluno executará uma resposta motora que requer um plano motor parcialmente definido pelo professor. A principal característica neste momento é que a ênfase do praticante deve ser na correção da resposta motora.

Normalmente se afirma que uma sessão de treinamento de base é dividida em 3 fases distintas: jogos motores, fase de fundamentos e jogo de aplicação.

Na fase de jogos motores, como o próprio nome indica, são utilizados jogos que estimulem o desenvolvimento das habilidades motoras específicas do esporte, através de um trabalho que priorize a ludicidade e recreação no intuito de despertar a motivação dos alunos para aquela sessão de treinamento. Esta fase contribui com o aquecimento, com o exercício do pensamento cognitivo e com o exercício dos comportamentos técnicos/táticos/normativos do esporte praticado.

A fase de fundamentos é aquela onde são trabalhadas as técnicas específicas do esporte. No caso do handebol, os passes, recepções, progressões, arremessos e dribles são as técnicas básicas desenvolvidas. Nesta fase tanto podem ser usados jogos como também exercícios. O importante é que o aluno vivencie os fundamentos trabalhados. Também deve se ressaltar a importância em desenvolver atividades que explorem comportamentos ofensivos e defensivos, sempre respeitando as condutas normativas do esporte, assim como também introduzindo paulatinamente os principais elementos táticos da modalidade esportiva em questão.

Por último temos a fase do jogo de aplicação, cujo objetivo é desenvolver jogos-teste no próprio treinamento, os quais deverão ser construídos em função das técnicas básicas trabalhadas na fase de fundamentos. Cada jogo deverá ser desenvolvido para que o praticante crie suas próprias opções estratégicas de conduta.

Distinguindo estas 3 fases durante a elaboração de sua aula, existe grande possibilidade do professor desenvolver um trabalho de excelente qualidade e que atingirá os objetivos propostos pelo processo ensino-aprendizagem.


Comente:


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog