quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Avaliação física é imprescindível para adequação de treino esportivo






Movimentar-se é importante e faz bem a todo mundo, mas algumas pessoas precisam ter mais cuidado que outras. Por isso, é importante fazer uma avaliação física antes de começar a praticar as atividades para não ter uma surpresa desagradável.

O principal objetivo do teste da aptidão física é a detecção de condições, principalmente cardiovasculares, que possam colocar o aluno em risco durante o exercício. É através dela que elaboramos um programa de treinamento mais individualizado, sendo colhidas informações pertinentes que identifiquem o histórico do aluno – se o mesmo apresenta alguma patologia –, possibilitando um cuidado maior para preservar sua integridade física na atividade. Por meio do teste, é possível observar a evolução segundo os objetivos do aluno de forma estatística. O alongamento antes de qualquer prática esportiva aquece a musculatura e prepara o organismo, evitando desconfortos. O certo é alongar todos os grupos musculares, e não apenas os que serão mais exigidos.

Outra recomendação é em relação às vestimentas, que devem ser apropriadas e dar flexibilidade para exercer as atividades com presteza. Inicialmente, deve-se observar o conforto. Um calçado confortável é aquele que não gera atrito com nenhuma região dos pés. Existem vários modelos para diferentes tipos de treino, ou seja, o tênis tem que ser específico para a atividade física em questão. Luciano observa que prestar atenção na pisada também é fundamental, porque influencia de forma direta. Uma dica é trocar o máximo de informações com o vendedor da loja, dizendo a ele o tipo de exercício que pretende praticar ou já pratica. Dessa forma, a chance de errar reduz significativamente. Use um calçado confortável que seja capaz de absorver o impacto e, ao mesmo tempo, contribua para melhorar o desempenho durante o exercício.

A dor muscular, inevitável nos primeiros dias de treinamento, tem como tendência desaparecer. No sistema muscular irá ocorrer microrrupturas nos grupos musculares solicitados durante o exercício e acúmulo de ácido láctico, gerando no organismo um processo de defesa que leva a um processo inflamatório. Além da parte muscular, estarão ocorrendo novas adaptações em outros sistemas, como o metabólico e o cardiovascular. Conforme a continuidade do treino por um determinado período, o seu organismo irá adaptar-se à intensidade do exercício realizado e esta dor irá desaparecer aos poucos. Mas existem procedimentos eficazes que auxiliam no alívio das dores, como, por exemplo, massagear o local para aumentar a irrigação sanguínea, facilitando, assim, a eliminação do ácido lático. Agora, se a dor for causada por microlesões musculares, esse procedimento não conseguirá resolver. Neste caso, é essencial que um médico faça a prescrição do melhor medicamento.


Comente:


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog