quinta-feira, 29 de maio de 2014

Treinamento físico no inverno





http://www.melhoramiga.com.br/wp-content/uploads/2011/05/exercicios-no-inverno.jpg

O inverno está chegando. E junto com ele vem aquele friozinho que desperta o pior inimigo do treinamento: a preguiça.

Porem, há algumas implicações fisiológicas devem ser entendidas para que possamos tomar algumas precauções para que não se tenha nenhum problema e os objetivos sejam alcançados.

A diminuição da temperatura traz como consequencia a diminuição da frequência cardíaca, frequência respiratória e da pressão. Com isso, cresce a importancia de se realizar um bom aquecimento antes de começar o exercício, e gradativamente aumentar as cargas de trabalho no treinamento. Durante o exercício no frio, perdemos muito calor para meio externo, e para evitar essa perda de calor, o corpo realiza o que chamamos de vasoconstrição, ou seja, "fecha" alguns vasos sanguíneos no intuito de manter a temperatura interna, evitando a perda de calor levada pelo sangue do interior para a periferia do corpo. Com isso, temos uma diminuição do fluxo sanguíneo ao músculo, levando entre outros efeitos o aumento da viscosidade e diminuição da temperatura muscular, dificultando assim as contrações e a amplitude nos exercícios.

Outra questão das temperaturas mais baixas, diz respeito à ingestão de líquidos, pois no frio, perdemos a percepção da necessidade de ingerir líquidos e isso pode levar à desidratação.

Analisando pelo lado da segurança, fazer atividade física no frio é mais seguro do que no calor extremo, porém, não podemos esquecer da hipotermia. Perdemos muito calor para meio externo durante baixas temperaturas, e isso diminui a temperatura interna do corpo, fenômeno esse conhecido como hipotermia, a qual já identificada com temperaturas internas inferiores a 35º C. Para evitar isso,  atenção para as roupas durante a atividade, como calças, malhas ou casacos e proteção para as extremidades como gorros e luvas.

No entanto, o principal aspecto envolvido está no após a atividade, pois normalmente nossa roupa está molhada e a água é um ótimo condutor, aumentando mais ainda a perda de calor. Muitas pessoas entram em estado de hipotermia ao terminar o exercício, pois se descuidam da manutenção da temperatura corporal após o exercício.



Comente:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog