terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Considerações sobre o treinamento físico no Voleibol





http://imguol.com/2012/07/26/o-levantador-bruninho-faz-treino-fisico-nesta-quinta-feira-26-na-preparacao-da-selecao-masculina-de-volei-para-londres-2012-1343309334309_1920x1080.jpg

O voleibol é um esporte de ritmo extremamente rápido, no qual a bola permanece em jogo por períodos muito curtos de tempo, demorando apenas alguns segundos para cair na quadra, dependendo do gabarito, idade, sexo e homogeneidade dos jogadores. Da mesma forma, o intervalo de descanso entre cada jogada é geralmente muito curto, embora haja as pausas entre os sets somem intervalos de descanso periódico mais longos (9).

A execução de habilidades específicas, como a cortada, apóia-se quase que exclusivamente no metabolismo do fosfagênio devido seu período de duração extremamente curto e de intensidade muito alta. Enquanto, a movimentação geral do voleibol numa jogada utiliza uma combinação tanto do metabolismo aeróbico quanto do anaeróbico, dependendo da duração e intensidade do movimento. O desenvolvimento da força e potência musculares em velocidade de movimento extremamente rápidas e explosivas também são fundamentais para a boa execução de voleibol.

O desenvolvimento da força nas fibras musculares de contração rápida parece de particular importância à execução devido à velocidade rápida do movimento dos agrupamentos musculares das extremidades tanto inferiores como superiores. Além do mais, uma aceleração aprimorada também reduzirá o tempo de movimentação e, portanto, aumentaria à potência da cortada. A aceleração, por sua vez, pode ser aprimorada através de aumento de capacidade de produção de força e/ou redução da massa corporal. Finalmente, um aquecimento adequado pode reduzir o tempo de movimentação através da diminuição dos tempos de contração e de reflexo.

A composição corporal e a flexibilidade são dois outros importantes fatores fisiológicos fundamentais para a boa execução das diversas jogadas do voleibol. Os níveis ótimos de peso corporal sem-gordura (massa muscular), assim como do peso total (com gordura) são essenciais ao desempenho no voleibol. A hipertrofia da massa muscular através do treinamento de força aumentará as capacidades de produção de força do jogador e, conseqüentemente, aprimorará tanto a aceleração quanto a potência de suas jogadas 

Assim sendo, parece importante que os programas de condicionamento para jogadores de voleibol sejam elaborados e cuidadosamente monitorados para desenvolver níveis ótimos tanto de peso corporal sem gordura, através da hipertrofia muscular, quanto da força e potência musculares. Finalmente, os níveis de flexibilidade também aprimorarão o desempenho das jogadas, pois aumentos no percurso de movimento através da qual a força é aplicada vão aumentar a velocidade das jogadas. Acrescentam-se os exercícios de alongamento que melhorarão a flexibilidade servindo para prevenir as lesões musculares durante o desempenho do esportista.


Comente:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog