terça-feira, 7 de abril de 2015

Limiar anaeróbio: um indicador importante no alto rendimento





http://www.academiamalhacao.com.br/nikolascte/wp-content/uploads/2011/03/limiar-de-lactato-medi%C3%A7%C3%A3o.jpg


É o percentual do VO2máx utilizável durante um período prolongado. Esse limiar é superado quando se trabalha a uma intensidade superior, que resulta em rápido acúmulo de ácido láctico e na perda do limiar anaeróbio. O limiar também pode ser superado quando o tempo de trabalho é muito longo, esgotando as reservas energéticas.  O acúmulo de lactato no músculo é um mecanismo indutor de fadiga.


O LA é o ponto de intensidade em que o lactato começa a se acumular, sendo sua concentração de aproximadamente 3 e 4 mmol/L. Esse limiar define duas zonas, uma inferior e outra superior. É um indicador importante de eficiência no esporte de alto rendimento, até superior ao VO2máx/kg.


Trabalhar em uma intensidade elevada no LA do percentual do VO2máx garante uma velocidade maior, sem o acúmulo de lactato e com demora no aparecimento de fadiga.


O estado estável pode ser encontrado dentro do LA.


O limite inferior desse limiar é o limiar aeróbio, com valores aproximados entre 1,5 e 2,9 mmol/L.


O LA de uma pessoa saudável e ativa encontra-se entre 75 e 85% do VO2máx. 


Em um atleta de alto nível de modalidades de resistência pode-se encontrar 90% do VO2máx.



Comente:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog