terça-feira, 16 de maio de 2017

Isometria usada para treino de força






A isometria é mais um recurso para o treinamento de força, para a musculação. Você pode fazer séries de isometria isoladamente ou junto com seus exercícios dinâmicos.

Manter-se nessa posição fixa, enquanto os músculos permanecem acionados e fazendo força é o que chamamos de isometria, uma grande aliada para desenvolver a consciência corporal e fortalecer a musculatura, sem que haja uma sobrecarga nas articulações.

No treinamento isométrico de força, o comprimento do músculo não se altera em um determinado exercício. Isso significa que a força do músculo será concentrada em um ponto específico dentro de sua faixa normal de movimento. Alguns treinadores que supervisionam treinamentos isométricos enfatizam o exercício no ponto mais amplo possível. Por exemplo, um treinador pode prender uma quantidade específica de peso com os braços estendidos horizontalmente.

Grande parte do menu de treinamentos isométricos é baseado em se manter em posições estáticas. O sentar-se contra a parede é um exemplo clássico. O indivíduo senta-se contra uma parede e segura a posição por um determinado período de tempo. Quando isso acontece, os músculos da perna são estimulados sem que haja mudança no comprimento do músculo, ou seja, sem esticar e dobrar.

Para quem tem como principal objetivo o aumento da força muscular, os protocolos de treinamento se assemelham muito ao treino normal de musculação, a diferença está na repetição. Deve haver uma pausa de três a cinco segundos entre os exercícios.

Essas pausas, aliadas com o tempo de permanência durante as contrações e a quantidade de séries e repetições do exercícios, é que garantem o aumento real da força.

O fortalecimento muscular se dá mediante ao esforço no qual o músculo é submetido e a sobrecarga aplicada. Junte isso a uma combinação de séries e repetições, para assim atingir os níveis de força esperado.

Antes de realizar qualquer tipo de treinamento isométrico, devem-se levar em conta alguns riscos e recomendações. Especialistas alertam que alguns exercícios isométricos podem causar hipertensão momentânea ou pressão arterial elevada. Antes de adotar uma rotina de treinos isométricos é recomendado falar com seu médico.

Tenha 95 exercícios de pranchas e esfinges!

Neste breve guia ilustrado, você terá acesso a 95 exercícios de pranchas e esfinges, utilizados no tratamento, prevenção e fortalecimento da musculatura do core assim como do corpo todo.



Comente:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog