segunda-feira, 25 de maio de 2009

A importância do treinador no comando de sua equipe







Todo o treinador deve tomar certos cuidados na elaboração de uma planilha de treinamentos de sua equipe visando à temporada que se aproxima.

Treinar sem planificação é o mesmo que construir um edifício sem planta.

Equacionados todos os problemas, no que diz respeito ao suporte financeiro e à parte administrativa, formada a comissão técnica e definidos os atletas, resta ao treinador pôr em prática o seu plano de trabalho.

É importante a interação entre o técnico e o preparador físico no planejamento da preparação anual de treinamento, distribuindo as atividades de acordo com as competições e sempre fazendo o controle diário de treinamento técnico e tático.

Não deve o treinador esquecer de fazer a análise da performance durante o ano, comparando entre o treino que foi planejado e o que foi realmente executado. Quanto às partes técnica e tática dos atletas previamente escolhidos, verificar as qualidades básicas mínimas exigidas dos mesmos quanto aos fundamentos que devem dominar, bem como a sua performance nos exercícios combinados e no treinamento específico por posição.

No que diz respeito à tática defensiva, quais as qualidades individuais que possui o atleta dentro de quadra no que se refere ao acompanhamento, ao desarme, a cobertura, a marcação de retorno e quanto a recuperação.

No que diz respeito à tática ofensiva, verificar as qualidades individuais do atleta quanto ao domínio, a condução, ao passe, ao chute, a habilidade e, principalmente, quanto a sua criatividade.

Além de um projeto bem planificado, o treinador deve ter em mente muitos fatores que, somados a sua experiência, serão colocados em prática.
Destaco a seguir alguns desses fatores:

• Fazer com que seus jogadores apreciem o treino, tornando-o agradável e produtivo;

• Ser objetivo na escolha dos exercícios de treinamentos e manter em atividade todos os jogadores durante o treinamento;

• Trabalhar sempre em equipe: médico, preparador físico, massagista e roupeiro são colaboradores importantes;

• Ser bastante claro em suas explicações, mantendo o diálogo sempre aberto, em todos os níveis;

• Embora seja obrigado a falar muito, deverá ESCUTAR sempre;

• Observar e corrigir imediatamente quaisquer erros apresentados;

• Fazer com que seu atleta perceba a importância de desenvolver a mentalidade tática, devendo analisar com rapidez as ações da equipe durante a partida, chamando para si a responsabilidade de realizar gestos técnicos quando sua equipe tenha a posse de bola bem como, quando a posse de bola estiver com o adversário;

• Analisar o treino de cada dia enquanto ele ainda estiver nítido em sua mente e fazer novo planejamento para os treinos seguintes conforme este estudo;

• Ter cuidado com o lado emocional, procurando sempre usar a razão. Não exagerar nas correções. Ser paciente e não criticar seus jogadores em público;

• Exigir atenção total. Não permitir brincadeiras. O treino é o caminho para as vitórias ou derrotas;

• O resultado dos testes e a análise das planilhas dos treinos e jogos são a bússola que determinará os elementos positivos e negativos do seu programa de treinamento;

• Proporcionar mais tempo para os treinos coletivos, à medida que a temporada se aproxima, porém jamais esquecer, desprezar ou negligenciar a prática dos fundamentos e da preparação física;

• Não demonstrar favoritismo. Não ridicularizar qualquer jogador. Estabelecendo um ambiente de camaradagem e amizade entre os jogadores. Participar das alegrias e amarguras particulares de seus jogadores, colaborar na solução dos problemas.

• A unidade da equipe depende diretamente do moral elevado. Fazer de cada jogador um amigo é o caminho para um grupo forte e coeso;

• Por fim, atualizar constantemente seus conhecimentos técnicos e táticos.

Em esportes altamente competitivos, como é o caso do futsal, o único resultado que interessa é a vitória. Esse é o ponto de partida e de chegada de quem se propõe a ser um campeão. E ser um vencedor é descobrir seu talento e trabalhar duro para aprimorá-lo.

Assim, ser um treinador bem sucedido requer um aprimoramento dos conhecimentos da sua modalidade, encarando as dificuldades com inteligência e sabedoria.


Autor: Prof. Rubens Fernandez – Técnico de Futsal


Comente:


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog